LATEST POSTS
Carolina Delboni | Para pequenos
299
post-template-default,single,single-post,postid-299,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-2.7,wpb-js-composer js-comp-ver-4.5.3,vc_responsive

Para pequenos

Para pequenos

Acho que já deu pra perceber que fazer roupa pra criança virou a grande vedete do negócio da moda. Marcas como Ronaldo Fraga, Isabela Capeto (que lançou uma coleção com os dedinhos preciosos da Luciana Schiller, da Petit Retro) e Jo de Mer já lançaram suas coleções ano passado (Ronaldo tem até mais tempo). E parece que a coisa impulsionou outras marcas. Tem a Fit com a Nina, a Mariazinha da Maria Bonita Extra, a Cris Barros mini e agora a Isabella Giobbi também lança sua linha infantil (amanhã na loja Dona Borboleta).

De novidade as marcas não trazem nada. O que elas apostam é em reprodizir o estilo da marca mãe para os pequenos, aproveitando as sobras de tecidos das coleções passadas. Um bom negócio pensando que o gasto é pequeno e a criação menor ainda. E parece que tá dando certo, basta ver a proliferação de marcas que estão seguindo o caminho. Eu aproveitaria pra ir além e desenvolver peças realmente pra crianças, com modelagens bacanas, diferentes e com o know how das marcas. Acho que Ronaldo faz mais isso, pelo menos se deixa levar mais na brincadeira de estampas o que é super divertido.

Mas tá ai um nicho gigante que estava totalmente adormecido no mercado: roupas pra crianças.

3 Comments

  • Carol Macedo

    10.04.2008 at 18:14 Responder

    É muito estranho dar de cara com tantas grifes bacanas lançarem mais este empreendimento ao mesmo tempo. Principalmente porque aqui no Brasil eles costumam achar que roupas de crianças tem ser quase que descartável, ou seja, não ligam tanto assim pra qualidade e temas de coleção.Só acham que tem que ser pra criança.
    Acho que aos poucos eles vão se posicionando melhor quanto ao público, afinal, é só a Lilica Ripilica e a Puc que estão com a corda toda no pedaço!
    Bjos.

  • Carolina Delboni

    10.04.2008 at 20:50 Responder

    mas acho bom carol. é sinal q tem gente acordando pra isso e qto mais marca tiver no mercado, mais as boas se exercitam pra melhorar e fazer mais. puc e lilica são marcas bigs e têm outro foco. dá uma olhada em balangandã e baby basics. é bem bacana!!!

  • Carol Macedo

    11.04.2008 at 16:01 Responder

    É isso mesmo que quis dizer, essas grifes e estilistas tem que começar a introduzir isso no mercado pois como essas outras duas marcas que citei são outra linha, as pessoas só veêm elas como grife e acham que o que está entrando de novidades não vai pegar. Foi este o raciocínio da minha professora na faculdade, o que eu não concordo.
    Ah, adorei a dica dessas marcas que você indicou. A balangandã, uma colega que estudava comigo já trabalhou lá, e é bem a proposta mesmo da loja ter essa característica de loja infantil européia para o Brasil, né? Onde elas tem de tudo um pouco lá incluindo livros e tudo o mais. O que poucas lojas no Brasil fazem e que eu acho o máximo.
    E a Baby Basics, que fofinha, eu já conhecia e utilizei-a como a referência de público alvo em uns de meus trabalhos de coleção infantil na faculdade.
    O público infantil é meu foco para começar a trabalhar, amo ver coisinha infantis, para crianças, como designers, blogs, etc.
    Tem uma marca muito fofa também Carol, http://www.caramelbaby&child. É uma marca de Londres. E tem uma outra da Bélgica, http://www.annekurris.com que eu adoro!
    Adoro posts sobre isso!
    Bjos.

Post a Comment