LATEST POSTS
Carolina Delboni | O ciclo das Holdings
301
post-template-default,single,single-post,postid-301,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-3.9,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

O ciclo das Holdings

O ciclo das Holdings

A moda brasileira começa a viver um momento novo que é o das holdings. Ou seja, a compra e gestão de marcas em um grande grupo de negócio. Isso pra quê? Pra gerar uma série de afavores para a marca, como crescimento, estruturação financeira e empresarial, poder de negociação com fornecedores e etc…Enfim, é um modelo de negócio que já existe na Europa e Estados Unidos há uns bons anos e que se mostrou extremamente importante e funcional. Por aqui, está chegando agora e como tudo que é novo ainda causa estranhamento, dificuldades de compreensão e implementação.

Enfim, dentro desses novos grupos o banco Pactual é um deles. A diferença aqui é que eles não compram marca alguma e sim associam-se a elas, como fez com Ellus e Isabela Capeto. Fizeram um modelo bem interessante de negócio onde primam por manter a essência do negócio, manter seus criadores e gestores no comando e servem de apoio financeiro e empresarial.

A palestra foi super interessante e esclarecedora. Nelson Avarenga, da Ellus, estava ali pra apresentar o lado bom da moeda e aproveitou pra soltar algumas pérolas.

– “resolvi fazer negócio porque tava satisfeito de moda e não de saco cheio”
– “todos burros têm função, senão quem iria na linha de frente “
– “não vamos ser uma holding de gaveta” (referindo-se a InBrands, do grupo Pactual)
– “a moda hoje é adolescente, precisa passar a ser jovem pra começar a fazer uma passagem consistente e não fazer vôo de galinha”
– “nosso sêtor tem tendência a andar de salto alto”
– “tá todo mundo excitado com essa história pensando “ai, que hora vai ser minha vez”
– “é uma visão de construção e não especulação” (referind0-se ao acordo entre marcas e o Pactual).

1 Comment

  • Carol Macedo

    08.04.2008 at 20:41 Responder

    Poxa, eu estava louca para assistir esta palestra muito interessante no Fashion Marketing, pena que outros compromissos não me deixaram ir! Mas é muito interresante o que o Nelson Alvarenga da Ellus disse, pois logo após as notinhas que ouvimos por ai de que, a I´M está praticamente falida, ou melhor, está falindo, e estilistas como o Alexandre Herchcovitch já caíram fora do grupo, e o grupo Inbrands controlando grupos de empresas de moda de forma tão mais organizada, deixa a gente com um pensamento de um maior alívio de toda situação que os empresários estão passando. Afinal ter um apoio financeiro e uma gestão profissional de grupos maiores de investidores no Brasil, fica muito mais fácil competir lá fora. (…)
    Mas é engraçado como o Amir Slama, da Rosa Chá, que não faz parte de nenhum grupo parecido como estes (que eu saiba ele não faz parte de nenhum), conseguiu deixar de fazer dsfiles aqui no Brasil e desfila apenas na semana de moda de NY!!!
    Realmente, depois de conseguirmos colocar a Fashion Week São Paulo no calendário de moda internacional, só faltava essa mãozinha de grupos poderosos para nossos estilistas enfrentar com maior ponto de apoio o país afora.
    Bem que já ouvi essa frase, e realmente ela é ao pé da letra: “A sorte é a união da oportunidade mais a força de vontade!”. A oportunidade o mercado de moda já está começando a ter, e a força de vontade…sempre!
    Ah Carol, não se já conhece, mas o blog oficina de estilo, das meninas Fernanda e a Cris, falaram sobre esta palestra. Elas têm este blog que fala tudo sobre moda e tudo o que está relacionado ao assunto! Palestras, Workshops (como aquele outro da Marie Rucki, que também infelismente não pude ir!), etc. Elas são consultoria de moda, ou seja, são personal stylists e dão várias dicas também sobre como coordenar nossas roupas que já temos em nosso armário e outras dicas super preciosas… Bem, talvez já conheça, se não, dá um olhadinha lá, é bem legal.

    Grande beijo.

Post a Comment