LATEST POSTS
Carolina Delboni | 10 dicas para tirar manchas, mas sem neuras: primeiro deixa sujar!
1573
post-template-default,single,single-post,postid-1573,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-3.9,wpb-js-composer js-comp-ver-5.4.7,vc_responsive

10 dicas para tirar manchas, mas sem neuras: primeiro deixa sujar!

10 dicas para tirar manchas, mas sem neuras: primeiro deixa sujar!

E ai, sujar a roupa de tanto brincar é indisciplina ou sinal de uma infância saudável? Será que vale dar bronca na criança que manchou de tinta aquela bermuda semi nova? Por Carla Leonardi

Eu tive a sorte de crescer numa casa com quintal grande, jardim e até horta! A diversão naquele tempo era correr o dia inteiro, bater bola na parede, cair de patins e brincar de expedição em meio aos pés de limão e de laranja. E isso não faz tanto tempo assim, não. Fui criança nos anos 90, época de ouro do Sonic e do Mario Bros. Mas, talvez por morar numa cidade pequena, talvez por ter tanta coisa pra explorar ao ar livre, brincar “lá fora” era sempre muito mais legal do que jogar no Mega Drive, coisa que fazia dos dias de chuva um verdadeiro tormento.

Por isso – e também porque estudei numa escola com parquinho, quadra, piscina e uma área verde de dar inveja – vivia sujando minhas roupas. E em quase todas as fotos que eu tenho daquela época, as crianças aparecem sempre suadas de tanto brincar. A gente brincava pra valer! E quer saber? Brincar assim suja mesmo, e isso não deveria ser um problema de forma alguma.

A questão é que com o passar dos anos e todos os aparatos tecnológicos que impressionam cada vez mais, ficar com os olhos grudados numa telinha com a luz estalando no rosto é coisa mais que comum. O pior: como entendemos isso como “diversão”, até nos esquecemos do quanto a infância precisa daquelas brincadeiras que sujam. “Hoje em dia vivemos um excesso de proteção em algumas famílias e, com isso, percebemos que muitas crianças estão deixando de viver a experiência para não se sujar. Esse ‘deixar de viver a experiência’ tem limitado, em alguns casos, a possibilidade de aprender”, explica a pedagoga e psicopedagoga Laura Monte Serrat, especialista em Psicologia Escolar e da Aprendizagem.

Além disso, sair do universo asséptico ajuda também no desenvolvimento da saúde infantil. “O contato com alguns microorganismos é importante porque ensina o sistema imunológico, ainda em fase de desenvolvimento, a funcionar corretamente.  Existe uma teoria, denominada Teoria da Higiene, que defende a tese de que viver em um ambiente muito asséptico prejudicaria o desenvolvimento adequado do sistema imunológico, facilitando o surgimento de doenças inflamatórias como as alergias”, explica a Dra. Fátima Rodrigues Fernandes, pediatra do Hospital Infantil Sabará.

E nunca é demais lembrar: a escola também deveria ajudar a estimular esse contato das crianças com o mundo. Então, não precisa reclamar tanto quando o uniforme pedir um remendo ou outro. Crianças precisam voltar da escola com marca de bola na camiseta, com o tênis cheio de areia do parquinho e com a calça do uniforme meio esfolada de tanto cair e levantar. Pode não parecer, mas isso tudo também faz parte do aprendizado. “Acreditamos que aprendemos na interação com o mundo e, a partir dela, construímos possibilidades de inteligência. Quanto menos experimentarmos, mais dificuldades poderemos ter em outras aprendizagens ou até nas aprendizagens futuras”, afirma Laura.

Então, deixa sujar! Deixa cair, levantar, correr, lambuzar, derramar… Afinal, a infância é assim e, como pais, não podemos nos esquecer disso. “Precisamos pensar na segurança de nossos filhos, na saúde física e mental deles. Por isso, precisamos cuidar para que não corram risco, claro, mas ao mesmo tempo, para que experimentem, vivam e façam”, conclui a pedagoga.

10 dicas para tirar manchas chatas (rsss)

1. Caneta esferográfica: esfregar ligeiramente com uma mistura de leite e vinagre. Repita a operação várias vezes. Outra opção é esfregar um algodão com álcool.

2. Chiclete: esfregue gelo ou coloque a roupa no congelador, dentro do saco plástico, e espere endurecer.

3. Chocolate: tire o excesso na hora com um tecido ou papel absorvente. Lavar normalmente.

4. Cola branca: água quente.

5. Lama: coloque água quente e vinagre.

6. Frutas: coloque leite fervente sobre a mancha e deixe até o dia seguinte.  Lave ou coloque sal antes que ela seque, depois coloque água fervendo com um pouco de álcool.

7. Suor: coloque de molho com água e álcool, ou água com bicarbonato de sódio e lave bem. Também pode usar suco de limão.

8. Tinta a óleo: devem ser limpas com solventes, aguarraz, gasolina ou benzina.

9. Tinta gouache: detergente neutro em água quente

10. Gordura: deixe detergente neutro na mancha até secar, depois é só lavar

 

Fonte: “Coleção Dona de Casa do Século XXI – Volume I”

No Comments

Post a Comment